Quanto tempo dura um tratamento para dependentes químicos

Quanto tempo dura um tratamento para dependentes químicos? 

Quanto tempo dura um tratamento para dependentes químicos

Veja quanto tempo dura um tratamento para dependentes químicos 

A dependência química é uma doença crônica e progressiva, à medida que o usuário de drogas aumenta suas dosagens, mais complicado será a sua situação, preparamos esse artigo para que você saiba mais ou menos quanto tempo dura um tratamento para dependentes químicos . Muitas famílias perguntam a duração exata do tratamento para dependência química. Todavia, para cada pessoa uma particularidade distinta. O tempo que se fazia o uso, duração, dosagens e dentre outros, pode interferir no processo terapêutico. Há probabilidades de realizar uma internação em poucos meses, mas é importante descrevermos que a recuperação em dependência química leva anos.

O processo terapêutico extenso possibilita para que o adicto não tenha recaídas, o que são pontos positivos na reabilitação do dependente químico na sociedade. Se o viciado em narcóticos tiver desenvolvido algum problema psíquico, como transtorno depressivo, esquizofrenia, ansiedade e dentre outros, a sua recuperação será maior que as demais. Lembrando que a Organização Mundial da Saúde (OMS), afirmou que a dependência química é considerada uma doença crônica, ou seja, não há cura para o problema. Porém, há possibilidades do dependente químico viver em sociedade sem qualquer vício, por meio de uma recuperação em uma clínica de reabilitação

 

Quanto tempo demora para tirar as drogas do organismo?

 

Como foi descrito acima, a clínica de recuperação é o único lugar responsável por realizar o processo de reabilitação do adicto na sociedade. Para que isso aconteça a unidade realiza tratamento específico para cada dependente químico. Inicialmente o paciente terá uma avaliação médica e começará o processo de desintoxicação. Para cada droga, um processo de desintoxicação diferente. Veja abaixo a duração de cada substância química no organismo:

  • Maconha: Fica no organismo de 7 à 30 dias.
  • Cocaína: 3 à 4 dias.
  • Heroína: 12 horas.
  • Álcool: 3 à 5 dias.
  • Anfetaminas: 1 à 3 horas.
  • LSD: 3 dias.
  • Morfina: 2 à 3 dias.

Mas quanto tempo dura um tratamento para dependentes químicos?

De forma geral, a desintoxicação poderá levar 15 dias ou mais. Será um dos momentos mais difíceis do dependente químico na unidade, tendo crises de abstinência, vômitos, suores, dores de cabeça, impaciência, nervosismo, depressão e até convulsão. Cada paciente terá um atendimento individualizado, e o médico especialista no assunto fará as recomendações e diagnósticos precisos. A retirada das drogas no corpo exige acompanhamento de profissionais da área da saúde, além de haver a ressocialização do adicto na sociedade para que não tenha recaídas.

 

Duração no tratamento para dependência química

 

A internação pode variar entre 90 e 180 dias, há quem faça em um período menor, e há quem faça em um período maior. Se houver a probabilidade do paciente ficar um longo período, a sua recuperação será mais positiva. A forma pelo qual o adicto será internado também pode levar em consideração no processo terapêutico, por exemplo, uma pessoa que realiza a internação voluntária, apoia todo o processo terapêutico e deseja se livrar do mundo das drogas. A recuperação estará a seu favor, mesmo em meio as dificuldades, lutará sempre que possível para não entrar novamente nas drogas. 

O indivíduo que realiza a internação contra a sua vontade, pode ser mais resistente a recuperação, o grau de dependência está bastante avançado. E em meio a situação, a sua recuperação durará por mais tempo. A internação compulsória é realizada por decisão judicial, o processo terapêutico é recorrido por usuários de drogas que necessitam de ajuda, e que vivem em situações precárias sem condições financeiras para realizar o tratamento. A internação compulsória tem um curto período, e a média de internação é em 3 meses. 

É importante ressaltar que a avaliação de um profissional da saúde determina a duração no processo terapêutico. No artigo de hoje, descrevemos a média para cada tipo de internação, sendo ela internação involuntária, voluntária e compulsória. Todavia, o grau de dependência, quantidade, dosagens, duração e constância determina de forma particular cada procedimento. Se você deseja ajudar algum familiar que precisa de ajuda profissional, entre em contato com o Grupo Aliança pela Vida e converse com um de nossos consultores. A dependência química leva a morte de 500 mil pessoas por ano, não deixe que uma pessoa viciada em narcóticos venha falecer em decorrer ao vício. Trate a dependência química!

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Enviar Mensagem
Estamos online
Call Now Button