O que acontece com quem cheira cocaína?

0 Comments 21:33

O que acontece com quem cheira cocaína? Conheça os malefícios causados pela cocaína.

 

As drogas de forma abrangente podem causar mal em todos os sentidos no corpo humano, levando até a morte. A cocaína é considerada uma das drogas mais perigosas, senda a segunda droga ilícita mais consumida no país. Aproximadamente 4,6 milhões de pessoas experimentaram, e 1,3 milhões de pessoas consumiram. Uma droga psicotrópica que altera comandos do sistema nervoso central, é uma droga sintética cuja produção é realizada em laboratórios.

A droga ao ser ingerida no corpo, pode afetar a mente alterando os pensamentos, decisões e ações do indivíduo. Há inúmeros malefícios da droga cocaína, porém, uma das mais preocupantes é o vício que ela pode trazer, levando a dependência química. O tratamento poderá ser realizado com a ajuda de profissionais pois o indivíduo não conseguirá parar sozinho.

Como funciona a cocaína no corpo?

 

A cocaína pode demorar 10 minutos para fazer efeito, podendo ser inalada, inspirada e injetada no corpo. A pessoa poderá ficar sobre efeito das drogas por aproximadamente de 30 a 40 minutos, mas ela poderá ficar no organismo a cerca de 180 dias. Com o aumento das drogas e a dopamina no cérebro, o dependente sempre terá a sensação de prazer, e procurara a ter cada vez mais. Porém, o acumulo de drogas no cérebro poderá levar o dependente a morte. Ao fazer o uso das drogas, o sentimento que o indivíduo desenvolve é de:

  • Aumento de energia
  • Excitação
  • Euforia
  • Falta de apetite
  • Insônia
  • Sensação de poder

Malefícios da cocaína

 

A cocaína pode trazer inúmeros malefícios ao corpo humano, trazendo problemas psicóticos, em tomadas de decisões, problemas bucais, problemas cardíacos, problemas na saúde e até profissional. Os efeitos podem ser rápidos no corpo, alterando instantaneamente suas decisões e comportamento, veja:

  • Delírios
  • Insônia
  • Constipação
  • Alucinações
  • Nervosismo
  • Infarto
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Agressividade
  • Euforia
  • Sangramento no nariz
  • Instabilidade
  • Náuseas
  • Depressão
  • Descontrole
  • Hemorragia
  • Perda de memória
  • Esquizofrenia
  • Destruição dos neurônios
  • Lesões no fígado
  • Problemas nos rins
  • Câncer
  • Desnutrição e dentre outros problemas provocados pela cocaína.

 

Tratamento para a cocaína

 

O tratamento para a cocaína poderá ser extenso, e o indivíduo para sair do mundo das drogas, precisará de uma ajuda profissional. A droga cocaína pode ser altamente perigosa, levando ao vício de forma rápida. Há três tipos de internações, como:

Internação voluntária: A internação voluntária é quando o adicto deseja realizar a internação por vontade própria, procura por clínicas de recuperação ou pede para que familiares realizem a sua internação.

Internação involuntária: A internação involuntária é quando os familiares do adicto não aquentam mais ver a situação que o dependente está vivendo, e então recorrem a clínicas de recuperação para realizar o tratamento sem a vontade do indivíduo. Apenas familiares de primeiro grau poderá realizar o processo de internação.

Internação compulsória: A internação compulsória é a partir de uma decisão judicial que o dependente químico poderá ser internado para receber o tratamento adequado.

Após saber qual tipo de internação será a do dependente, é necessário encontrar uma clínica de recuperação para que o adicto receba o tratamento necessário com base em suas necessidades. O Grupo Aliança pela Vida pode ajudar o familiar ou o dependente químico a encontrar uma clínica de recuperação.

Ao encontrar uma clínica de recuperação o dependente será internado, ao chegar na clínica de reabilitação os médicos terão conhecimento do tipo de droga que o adicto ingeria no corpo, e com base em suas necessidades o tratamento será feito de forma particular para o paciente. A internação poderá chegar de 150 a 180 dias, tudo dependerá da avalição medica do paciente.

O dependente químico será medicado de acordo com a prescrição medica, e dentro da clínica de recuperação terão atividades que o adicto irá desempenhar, como: palestras, acompanhamento com psicólogo e tudo o que for estipulado pela clínica. O intuito destas atividades é fazer com que o dependente químico tenha uma ressocialização do indivíduo na sociedade.

 

 

Por que é importante pedir ajuda de especialistas?

 

É importante que haja acompanhamento de profissionais qualificados pois quando o dependente químico passar pelo processo de abstinência, ele pode chegar a morte além de passar por momento de estresse. Momentos como esse é de extrema importância para que o dependente químico tenha uma recuperação mais adequada. Profissionais como:

  • Médicos psiquiatras
  • Enfermeiros
  • Psicólogos
  • Supervisores
  • Nutricionistas e dentre outros.

O Grupo Aliança pela Vida pode ajudar o dependente químico a encontrar uma clínica de recuperação que melhor se encaixe ao dependente, fazendo atendimento em toda a região brasileira.

 

 

 

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post

Compartilhar
Call Now Button
Enviar Mensagem
Estamos online