clínica de reabilitação para dependentes químicos

clínica de reabilitação para dependentes químicos

clínica de reabilitação para dependentes químicos

Uma clínica de reabilitação para dependentes químicos pode ser mais necessária do que você imagina. Mas, o que é exatamente uma instituição desse tipo? Como saber se uma clínica de reabilitação é confiável? Quais são os tipos de clínicas que estão disponíveis atualmente?

Lidar com um adicto não é fácil. Independentemente do tipo de droga que usa, a situação sempre é complicada de lidar, principalmente se estamos falando de um vício um pouco mais longo. Dessa forma, não somente o viciado sofre, como também sua família e amigos.

Sabendo disso, é de suma importância que alguma ação em relação ao vício seja tomada pelos parentes e amigos o quanto antes: quanto mais tempo demorar, pior é para conseguir que alguém consiga se desvencilhar do uso diário daquela droga, sem contar nos inúmeros problemas causados a saúde do adicto que só piora com o tempo.

Por isso, no conteúdo de hoje, vamos falar sobre como escolher, quais são os tipos e o que é uma clínica de reabilitação para dependentes químicos. Portanto, caso queira saber mais sobre o assunto, recomendamos que nos acompanhe até o final da leitura. Vamos lá, leia com a gente!

O que é uma clínica de reabilitação para dependentes químicos?

Afinal, o que é uma clínica de reabilitação para dependentes químicos? Na realidade, o próprio nome do local já indica do que estamos falando. Trata-se de um espaço destino a pessoas que possuem algum vício específico, seja com drogas ou bebidas. Então, a clínica de reabilitação dependentes químicos é o lugar onde esses últimos são tratados.

Vale ressaltar que quase todas as cidades possuem um espaço desse tipo, seja público ou particular. Mas, mesmo sabendo disso é de suma importância buscar saber mais sobre as clínicas de toda a região que envolve a sua cidade, pois assim como qualquer outro espaço, algumas clínicas são melhores do que outras.

clínica de reabilitação para dependentes químicos

Como saber se uma clínica de reabilitação é confiável?

Como mencionado acima, algumas clínicas são melhores do que outras, inclusive em relação ao tratamento e cuidado com o viciado, que por vezes pode estressar quem convive com ele diariamente, por causa dos seus surtos de abstinência em relação à droga ou bebida que usava diariamente.

Então, como saber se uma clínica de reabilitação é confiável? Conversando! A única maneira de saber se um espaço como esse é confiável, acaba sendo conversando com famílias que já precisaram do serviço daquele espaço. Tente entrar em contato com quem já teve que tratar um adicto e peça indicações de clínicas e opiniões sobre aquelas que algum parente já frequentou.

Como funciona uma clínica de reabilitação?

E como funciona uma clínica reabilitação? Uma clínica de reabilitação para dependente químico funciona oferecendo tratamento, das mais diferentes formas, a pessoa que é viciada. Esse tratamento pode ser medicamentoso ou psicoterápico, a depender da abordagem que a clínica realiza.

Na grande maioria das vezes, as duas abordagens são usadas, principalmente no início do tratamento: ao chegar à clínica, principalmente nos primeiros dias quando a abstinência ainda é grande, o adicto recebe medicação para controlar seu anseio por aquilo que usava diariamente.

Com o tempo, essa medicação é diminuída, entrando então o atendimento psicológico, este que pode ser realizado de diversas formas: conversas particulares com psicólogos, reuniões diárias com outros viciados em tratamento para troca de experiências e relaxamento, etc.

clínica de reabilitação

Tipos de clínica de reabilitação para dependentes químicos

Clínica de reabilitação gratuita evangélica

Uma clínica para reabilitação de dependentes químicos que funciona de forma gratuita e evangélica pode ser encontrada mais nas cidades pequenas, ainda que possuam estrutura em cidades maiores. Geralmente, não são usadas abordagens medicamentosas, mas experiências diárias de trabalho e estudo da bíblia.

Clínica de reabilitação masculina

A clínica de reabilitação para dependentes químicos masculina é a mais presente em geral, pois em números, os homens usam mais drogas do que as mulheres em todo o mundo. Para se ter uma noção, os homens são 3 vezes mais propensos ao uso e vício em drogas do que as mulheres. Aqui, estamos falando de espaços em que só homens podem frequentar.

Clínica de reabilitação feminina

Neste caso, é o inverso do exemplo anterior. Mulheres tendem a usar drogas com acompanhamento de bebidas, em festas ou quando entram em depressão, seja única ou pós-parto com abandono do pai da criança. Este tipo de clínica de reabilitação para dependentes químicos recebe apenas mulheres, sendo gerido também por somente mulheres.

Clínica de reabilitação para alcoólatras

Apesar de serem poucas que existem dessa linha, ainda são presentes. A grande maioria das clínicas para reabilitação de adictos abrange não somente aqueles viciados em substâncias químicas, mas também aos que possuem vício em bebida. Portanto, é mais fácil encontrar uma clínica mais abrangente do que tão específica.

Em suma, as abordagens com alcoólatras costumam ser diferentes das abordagens realizadas com viciados em drogas (apesar de o álcool também ser considerado uma droga). Por exemplo: o tratamento medicamentoso costuma ser mais leve, sem a necessidade de drogas pesadas para contem a abstinência pela bebida.

Por outro lado, a semelhança continua no cotidiano da clínica: reuniões diárias ainda são realizadas em conjunto, para que o ex adicto de bebidas também possa compartilhar suas experiências e saber que não está passando por aquilo sozinho, ou seja, recebendo suporte de seus companheiros de clínica.

Clínica de reabilitação para menor

Por fim, temos outro tipo de clínica, uma que se torna cada vez mais comum no Brasil, à destinada para a reablitação de menores. Em sua casa existe algum menor de idade que já é viciado em alguma substância química ou bebida e tende a piorar com o tempo? Então você, como parente ou amigo, deve tomar uma atitude.

Geralmente as ações de rejeição a internação são bem maiores nessa fase da vida, visto que a revolta é maior, sendo uma das principais causadoras do uso de drogas e bebidas. Rejeição por parte do pai ou mão, episódios de abuso sexual durante a infância e convívio em festas com drogas costumam ser os principais causadores do uso de drogas na adolescência.

Nossa recomendação? É que a internação ocorra o quanto antes, pois a situação só tende a piorar com o tempo, podendo resultar em uma morte precoce, antes mesmo dos 20 anos completos.

clínica de reabilitação

Como convencer alguém a largar o vício?

Como convencer alguém a largar o vício e se internar em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos? Podemos dizer que essa é uma das tarefas mais difíceis de serem realizadas. A nossa recomendação é que haja união entre família e amigos mais próximos do adicto, incluindo companheiros de relacionamento íntimo.

Em alguns casos, o viciado já não aguenta mais a própria dependência pela droga ou bebida. Basta um simples incentivo para que a internação ocorra. Por outro lado, em casos mais avançados, a internação compulsória pode ser necessária, já que a dependência é tão grande que o drogado já não possui a consciência de antes.

Nestes casos, não há muito o que fazer a não ser interná-lo a força: pode não ser a melhor das opções, mas ainda sim, garantimos que é a melhor ação a ser tomada em relação aos cuidados com a saúde do adicto e também dos familiares que estão ao seu redor. Até a próxima!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Enviar Mensagem
Estamos online
Olá 👋
Podemos te ajudar?
Call Now Button