Alcoolismo

0 Comments 19:52

O que é alcoolismo?

saiba mais sobre as consequências do alcoolismo

Alcoolismo ou dependência alcoólica é uma doença crônica pela qual, tem por característica o uso incontrolável de absorver bebidas alcoólicas. A Organização Mundial da Saúde declarou uma doença desde 1967, e ao longo dos anos inúmeras instituições como o “Grupo Aliança Pela Vida” tem ajudado pessoas que procuram solução para a dependência alcoólica.

Quais são as consequências do alcoolismo?

O consumo de álcool em excesso é prejudicial à saúde, família e até contra própria vida. Inicialmente pode ter como efeito um comportamento alterado, agressivo e podem levar a atitudes incontroláveis. A saúde pode ser afetada instantaneamente ou há longo prazo, causando:

  • Doença do fígado
  • Osteoporose
  • Pancreatite
  • Câncer
  • Gastrointestinais
  • Anemia
  • Imunológicos
  • Neuropatias Periféricas
  • Problemas Cerebrais
  • Problemas Cardiovasculares
  • Cirrose
  • Hepatite Alcoólica

O alcoólatra em meio ao processo de reabilitação, é capaz de encontrar-se em abstinência, que será normal em meio ao momento de mudança corporal. A reabilitação é feita em clínica de recuperação com ajuda de profissionais qualificados para a melhoria de cada pessoa.

Quais são os tipos de alcoólatras? / alcoolismo

O perfil alcoólatra é uma forma de caracterizar cada indivíduo de forma especifica. O alcoolismo gera consequências desagradáveis a si mesmo, podendo começar de forma não agressiva a prejuízos ao longo prazo. Há cinco tipos comuns de alcoólatras, como:

Jovem Adulto

Os jovens adultos começam a beber aos finais de semana e por volta dos seus dezenove anos. No  passar dos anos se tornam alcoólatras, e desencanado problemas psicológicos, como: depressão, ansiedade e esquizofrenia.

Jovem Antissocial

O jovem antissocial começa a beber na adolescência, e possuí transtorno de personalidade antissocial. Geralmente o transtorno de personalidade antissocial é caracterizado por sequências de problemas psicológicos, e com o uso de bebida arrisca-se agravar.

Familiar Intermediário

Ocorre quando algum membro da família sofre de problemas por causa da bebida alcoólica. Começa na adolescência e na vida adulta torna-se dependente, sendo 64% desse grupo são homens.

Funcional

Os funcionais começam a beber a partir de quarenta anos e tornam-se alcoólatra após trinta anos. Há uma porcentagem de 60% dos alcoólatras, e tem um nível moderado de depressão, adquirindo outros vícios como cigarro.

Crônico

O crônico começa na adolescência e se torna alcoólatra por volta dos trinta anos. Geralmente tem parentes que sofre do mesmo problema, tendo uma alta taxa de 70 % nos casos. O perfil crônico faz esforço controlar-se ou até mesmo parar de consumir bebida alcoólica, porém não consegue parar sozinho.

O que leva uma pessoa a ser alcoólatra?

O alcoolismo é uma dependência psicofísica que gera inúmeras possibilidades de vício na vida de um cidadão. Na maioria dos casos inicia-se como forma de diversão, porém, no passar do tempo vira um vício. Há anos atrás o alcoolismo não era tratado com seriedade, levando pessoas a morte. Atualmente é considerado como uma doença, e existe tratamentos profissionais e eficaz para cada tipo de pessoa. Saber tais causas que levou um alcoólatra a se tornar alcoólatra, é possível ajudar em sua recuperação.

Fatores psicológico

O fator psicológico é muito comum nas últimas décadas, a pessoa que possui transtorno de ansiedade, bipolaridade ou depressão vem a desencadear para o alcoolismo. O suicídio em alguns casos tem ligação com o álcool em uma faixa etária de pessoas entre 25 a 44 anos, relata estudo realizado pela Faculdade de Medicina e da Universidade de São Paulo (ESP).

A ansiedade é a preocupação intensa e persistente do futuro, e com a bebida alcoólica há uma vulnerabilidade à crise emocional. A bipolaridade é a alteração do humor, levando a obsessão e depressão, e com o consumo de bebida alcoólica agrava a situação.

Fatores pessoais

A bebida social há possibilidade de ser consumida em ocasiões trazendo algum tipo de conforto, porém transformar em um consumo diário, levando ao excesso de bebida alcoólica. A escolha de beber substâncias alcoólicas constantemente vem a ser uma escolha futuramente incontrolável e que vai levando à abstinência.

Fatores de personalidade

Algumas personalidades que tem problemas psicológicos podem ser mais propensas a ir para o alcoolismo. Como a ansiedade, depressão, transtorno de bipolaridade e transtorno de personalidade antissocial.

Fatores históricos

Pessoas que bebem constantemente tendem a desenvolver o alcoolismo, o forte consumismo do produto gera influência e futuramente ter um descontrole na bebida.

Fatores genéticos

O filho biológico de uma pessoa alcoólatra, terá uma probabilidade de torna-se alcoólatra futuramente, a genética pode afetar os genes.

Fatores familiares

Em um ambiente familiar onde é consumido muita bebida alcoólica, pode gerar influência e normalizar o alcoolismo. Não vendo como problema e banalizando a situação de um alcoólatra.

Fatores ambientais

A aquisição financeira pode ajudar a adquirir bebidas alcoólicas, e quando um ambiente gera excesso de consumo alcoólico, pode haver alta probabilidade de ter alcoólatras.

 Fatores religiosos

Quando há uma oposição do consumo de bebidas alcoólicas em religião, outros grupos religiosos permitem o uso de bebidas alcoólicas, onde pode ser um grande fator que intensifique o uso de substancias.

Fatores sociais e culturais  

Existem muitos lugares que a prática de bebidas alcoólicas é incentivada e até cultural, normalizando o consumo e gerando cada vez mais pessoas alcoólatras.

Fatores Etários

Há uma influência desde a adolescência e um exagero no início da fase adulta, iniciando o alcoolismo aos vinte anos de idade. Os fatores etários começam a beber a partir de quinze anos de idade.

Fatores de carreira

O fator de carreira é uma forte influência de consumir bebidas alcoólicas, como profissões de estresse e profissão de risco.

Como identificar se precisa de ajuda?

Com o consumo de bebidas alcoólicas, pesquisas mostram que 3,3 milhões de pessoas morreram no mundo por consequência de bebida alcoólica. A Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que em 2016 foi consumido 8,9 litros por pessoa no Brasil, passando da media permitida de 6,4 litros.

As pessoas que iniciam no alcoolismo, tem características como:

  • Bebe sozinha sem acompanhamento de alguém
  • Perde memória
  • Tem falta de apetite
  • Insônia
  • Tremores corporais
  • Paranoia e alucinação
  • Agressividade
  • Não consegue parar de beber mesmo estando bêbado
  • Tenta disfarçar que bebeu

Qual é o momento exato para pedir ajuda?

Será se estou bebendo socialmente?

A bebida alcoólica se não for bebida com consciência, pode trazer graves problemas. Em muitos casos o é vício incontrolável, e com a abstinência pode se tornar um fator preocupante. O momento exato para se pedir ajuda é quando se percebe que não há intervalos para a bebida, há sempre o desejo de beber, trocando até a comida por bebida.

Tenho dificuldade de raciocínio?

A bebida alcoólica consumida em excesso altera problemas cerebrais, causando a impaciência, fadiga e dificuldade do raciocínio além de causar cansaço físico futuramente.

Estou prejudicando minha vida profissional por conta do alcoolismo?

Faltar dias de trabalho excessivamente com certeza é um descontrole em causa da bebida alcoólica, perder o emprego por causa da bebida, ficar agressivo quando bebe, ficar irritado quando alguém questiona o excesso de bebida alcoólica, costuma-se resultar prejuízos em decorrer da dependência.

Percebo que estou com problemas de abstinência

Tentar parar e não conseguir é um grave sintoma de que uma pessoa se tornou dependente de bebidas alcoólicas. Alguns sintomas, como:  náuseas, vômitos, temores, delírio, sudorese excessiva e taquicardia, pode ser um dos fatores de que a pessoa precisa de ajuda.

Minha saúde está alterada

Quando se percebe altos níveis de descontrole na saúde, como: glicose alta, triglicerídeos, colesterol, alta pressão arterial. Com o alto consumo de álcool, a saúde é a alterada trazendo inúmeros prejuízos à saúde.

O álcool está prejudicando minha vida

Quando se tem a consciência de que o alcoolismo está atrapalhando a vida profissional e pessoal, e em pensar que aproveitaria mais a vida se não estivesse bebendo na maior parte do tempo ou talvez em sentir culpa em não conseguir controlar a bebida alcoólica, esse é o momento adequado para encontrar ajuda.

Ser consciente é o primeiro passo, e depois? O que fazer?

Pedindo ajuda

Ao saber dos sintomas que é presenciado, o segundo passo é pedir ajuda para instituições de recuperação. A clínica de recuperação é um ambiente especifico preparado especialmente para dependentes químicos, com a garantia de que cada pessoa terá um atendimento especializado para a melhoria do cidadão.

Compartilhar

One thought on “Alcoolismo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar
Call Now Button
Enviar Mensagem
Estamos online